ILUMINAÇÃO NO GESSO, COMO USAR! Veja as Dicas

Iluminação no gesso é tema de várias dúvidas entre clientes e gesseiros. Por isso convidamos nossa arquiteta parceira Kallycia Bose para um pate papo sobre esse assunto.

Dicas Gerais de iluminação no gesso:

  • A iluminação deve ser pensada depois do layout do ambiente pronto;
  • Cor de luz: luz branca para ambientes de trabalho, e luz amarela para ambientes aconchegantes;
  • Utilizar sempre 3 tipos de iluminação em cada ambiente: Luz geral, luz de trabalho e luz decorativa ou de destaque.
  • Iluminação demais pode ofuscar os olhos. É necessário tomar cuidado com a quantidade, de preferência ter um projeto com o cálculo luminotécnico;

Diferença de luz direta e indireta:

INDIRETA, você vê apenas a luz que é refletida por alguma superfície.

DIRETA, você vê a lâmpada;

Dicas de iluminação no Gesso:

Os rasgos são a melhor forma de decorar com gesso e iluminação. O rasgo de gesso no teto deve ser tomado como iluminação geral, além de decoração, logo precisa ser calculada a quantidade de luz.

Se o rasgo for na parede, deve-se tomar cuidado com a potência das lâmpadas para não ofuscar os olhos.

Iluminação no gesso de cada ambiente:

Sala de Estar

– Iluminação mais suave;
– Destaque a mesa de centro e as laterais;
– Não coloque pontos de iluminação logo acima dos sofás, pufes e poltronas, pois podem incomodar;
– Use o rasgo para destacar a circulação ou para separá-lo de outro ambiente;

iluminação no gesso

Sala de Jantar

– Coloque uma boa iluminação logo acima da mesa. Não necessariamente precisa ser um pendente, mas pode ser um rasgo do mesmo tamanho da mesa;

Cozinha

– A iluminação deve ser bem clara e eficiente, pois é uma área de trabalho;
– As bancadas de trabalho devem ser bem iluminadas com luz específica;
– O rasgo pode ser usado para dar a iluminação geral do ambiente, correndo por toda a extensão da cozinha;

Quartos

– A iluminação deve ser suave;
– Evite pontos de iluminação logo acima da cama e com luz direta, pois pode ofuscar quem estiver deitado;
– Usar iluminação indireta ao lado ou atrás da cama é recomendado;
– O rasgo de iluminação pode ser um detalhe vindo da cabeceira, ou ainda fazendo no teto o formato da cama com iluminação indireta;

Banheiros

– Deve ter iluminação geral bem clara;
– Também deve ter luz específica para o espelho, que deve ser indireta, para iluminar bem o rosto sem deixar sombras;
– Pode-se usar o rasgo na parede ao lado do espelho para criar a iluminação específica;

Assista ao vídeo abaixo onde a arquiteta Kallycia Bose dá mais detalhes sobre iluminação no gesso. Conheça o canal Bose Bento Aqui!

 

ILUMINAÇÃO NO GESSO, COMO USAR! Veja as Dicas
5 (100%) 1 vote
ARTIGOS RECOMENDADOS:

Cursos Online:

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *